data
-- Hora Certa:
Empresários levam prejuízo de R$ 350 mil com clássico entre Flamengo e Fluminense em Cuiabá
02/03/2018 04:31 em Esportes

Apesar dos quatro gols levados na Arena Pantanal, o Flamengo não saiu de mãos abanando de Cuiabá. Na verdade, quem ficou mesmo com o prejuízo foram os empresários que resolveram realizar o jogo no estádio mato-grossense. Pelo menos isso é o que aponta o Blog da Gabriela Moreira, da ESPN. A estimativa é que a partida tenha gerado prejuízo de cerca de R$ 350 mil à Xaxá Produções e à FS.
 
Segundo o que foi apurado pelo blog, o custo total do evento foi de R$ 1,25 milhão. Dentro deste montante, estão inclusos os cachês pagos aos clubes, que foi de R$ 350 mil para cada. O valor cobrado pela Federação do Rio que seria para pagar o custo do envio das equipes à Cuiabá, R$ 50 mil, o voo fretado para o transporte dos times, R$ 200 mil, e os gastos da operação no estádio em si, que ficou em cerca de R$ 300 mil.
 
No clássico realizado na Arena Pantanal, os ingressos custaram entre R$ 60 e R$ 160, gerando uma renda total de R$ 918.140,00. O público foi de quase 16 mil pessoas. Se tivessem mais quatro mil, a conta fecharia para o empresário. 
 
Alguns fatores pesaram para o prejuízo, sendo dois mais importantes, segundo o blog: O fato de o rubro-negro ter decidido poupar seus principais jogadores e a má fama que ficou da empresa Xaxá Produções. Isso porque um dos casos chegou a ir para a Justiça, em 2014. Corinthians e Vitória levaram calote de R$ 1 milhão do empresário. A partida teve apenas pouco mais de seis mil pagantes e ele alegou dificuldades para pagar. Mesmo indo para a Justiça, a empresa não arcou com os acordos iniciais. 
 
Entre os jogadores que viajaram para Cuiabá, dois estavam nos cartazes de propaganda do jogo na cidade, Henrique Dourado, que faria seu primeiro jogo contra o ex-clube, e Diego. Do lado rubro-negro, apenas Vinícius Júnior esteve em campo. Outro problema foi a insegurança gerada no público com a demora para a confirmação da realização do jogo na cidade.
 
As vendas começaram no início da semana, mas o jogo só foi confirmado na quarta-feira porque Fluminense, Flamengo e Federação só liberaram os documentos depois de receber seus pagamentos.
 
Por fim, o blog da jornalista explica que mesmo com prejuízo os fornecedores contratados para a partida foram pagos logo após o jogo. Não foi possível contato com as empresas citadas.

OlharDireto;

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!