data
-- Hora Certa:
PF quer 144 novos inquéritos em MT
19/06/2018 09:19 em Polícia

A Polícia Federal sugeriu que o Supremo Tribunal Federal (STF) instaure 144 inquéritos novos inquéritos no âmbito da Operação Ararath. As sugestões são baseados nos acordos de colaboração premiada feitos pelo ex-governador Silval Barbosa, seus familiares e seu ex-chefe de gabinete, Sílvio César Correa. 

O número é fruto de um relatório produzido pelo delegado da Polícia Federal, Wilson Rodrigues de Souza Filho. O relatório foi pedido pela Procuradoria Geral da República (PGR). 

Dos 144 inquéritos, 94 seriam baseados apenas nas declarações feitas pelo ex-governador. Deste montante, dois seriam contra o governador Pedro Taques (PSDB). 

Diante disso, é solicitada a abertura de dois processos investigatórios contra o gestor tucano, sendo um deles para apurar suposto pagamento de propina por parte da JBS para o caixa dois da campanha de Taques nas eleições de 2014. 

Já o ex-chefe de gabinete de Silval, Sílvio Cesar Correa, apresentou informações que poderão subsidiar a abertura de 26 novos inquéritos. Antônio da Cunha Barbosa, irmão de Silval, e Rodrigo da Cunha Barbosa, filho do ex-governador, apresentaram informações que devem resultar em 11 inquéritos, cada um. 

Roseli Barbosa, esposa de Silval, ofereceu dados para dois inquéritos. A solicitação da PGR visa levantar quantas investigações já estão sendo feitas e quantas podem ainda ser iniciadas, além de apontar quantos investigados e quais deles teriam foro por prerrogativa de função. 

Diário de Cuiabá

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!