data
-- Hora Certa:
Cliente da 'calote' duas vezes em garota de programa, ataca PMs e sorri ao ser preso
01/08/2018 10:41 em Polícia

Um homem de 46 anos, identificado como Hilton Taiguara de Amorim, foi preso na madrugada desta quarta-feira (1) agredir uma garota de programa e tentar atacar os policiais militares que o abordaram, no bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande.

A PM utilizou munições de impacto controlado (tiro de borracha) para conter o suspeito. Na carteira de Hilton os policiais ainda encontraram três porções de substância análoga a cocaína. O suspeito já teria dado calote na vítima em uma outra ocasião.
 
 
De acordo com informações da Polícia Militar, por volta de 1h45 de hoje (1) uma equipe da PM foi acionada para atender uma ocorrência de agressão em um motel, na região do 0 km em Várzea Grande. Ao chegar ao local os militares encontraram a vítima e o suspeito no portão de entrada do motel.

A vítima, uma garota de programa, disse que já teria atendido o suspeito na tarde do dia 30 de julho, e que nesta ocasião o homem não teria lhe pagado o valor combinado de R$ 120, porém ela decidiu não acionar a polícia. Já na madrugada de hoje o homem foi até a casa de show onde a jovem trabalha e teria contratado novamente seus serviços, com a promessa de que iria pagar o débito anterior e o novo.

A jovem relatou que o suspeito teria ficado agressivo, com palavras e gestos, e que foi golpeada com um tapa no rosto. Ela então decidiu acionar a PM desta vez.

Os militares solicitaram que o suspeito colocasse as mãos na cabeça, mas ele começou a xingar os policiais e fazer gestos com a mão. Após uma segunda solicitação da PM o suspeito teria partido para cima dos policiais.

O homem teria pegado uma pedra no chão e um dos militares efetuou um disparo de munição de anti motim (bala de borracha), atingindo o homem na perna. Mesmo após o disparo o suspeito continuou a investida, e em resposta o militar efetuou mais dois disparos. Com a ajuda de terceiros a PM conseguiu conter o homem.

Após busca pessoal os policiais encontraram três porções de substância análoga a cocaína na carteira do suspeito. Ele foi levado ao hospital, para tratar o ferimento da perna, e a todo momento agia de forma hostil, xingando e ofendendo os policiais.

O homem disse sofrer de esquizofrenia e estaria afastado do trabalho. Ele também assumiu ser usuário de drogas e disse que teria feito uso de quatro porções naquela noite. Ele foi encaminhado à delegacia.

Olhar Direto

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!