data
-- Hora Certa:
Empresa é condenada a pagar indenização para funcionária chamada de capivara por colegas em MT.
03/08/2018 10:39 em Cidades

Ao todo, a ex-funcionária – que não teve o nome divulgado, deve receber R$ 10 mil. Segundo o processo, a funcionária chegou a ser apresentada para outros colegas pelo apelido.

 

Uma empresa do ramo de varejo foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar indenização por danos morais a uma ex-funcionária chamada de capivara pelos colegas, em Cuiabá. A decisão é da juíza Márcia Martins Pereira, da 6ª Vara do Trabalho da Capital.

Ao todo, a ex-funcionária – que não teve o nome divulgado, deve receber R$ 10 mil. Ainda cabe recurso da decisão.

De acordo com o Tribunal Regional do Trabalho (TRT-MT), a trabalhadora ingressou com uma ação alegando que era chamada de capivara de forma corriqueira pelos colegas. Além do ambiente de trabalho, as ofensas também eram feitas em um grupo de WhatsApp.

Segundo o processo, a funcionária chegou a ser apresentada para outros gerentes pelo apelido. A ex-funcionária alega que procurou um superior para reclamar do tratamento, mas a situação não mudou.

Para a juíza, o assédio moral praticado contra a trabalhadora ficou provado através de testemunhas.

Em relato, uma das testemunhas afirmou que as ofensas eram feitas inclusive pelo superior que chegou a mandar fotos da trabalhadora em meio aos animais que deram origem ao apelido.

 

"O tratamento hostil e grosseiro dispensado à reclamante é, sem sombra de dúvida, um desrespeito, configurando abuso no exercício do poder diretivo, violador da dignidade humana do trabalhador”, afirmou a magistrada na decisão.

 

Além da indenização, a empresa foi condenada a depositar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e a multa de 40% correspondente pela dispensa sem justa causa, entre outros tributos.

G1/MT

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!