data
-- Hora Certa:
30 dias de Mauro Mendes perdido, sem foco e sem visão de futuro
11/02/2019 08:44 em Artigo

governador Mauro Mendes está queimando(ou já está queimado) seus primeiros dias de governo gastando energia com batalhas perdidas na largada. Citou a briga perdida para inserir Mato Grosso no Regime de Recuperação Fiscal (RRF) e prevê que a cena se repita com a tentativa de redução de jornadas e salários do servidores, alvo de pleito dos governadores no Supremo Tribunal Federal (STF).

A partir da discussão sobre a adesão ao RRF, já vimos que pelas regras atuais, o governo não vai conseguir fazer essa adequação, mesmo que o Supremo dê essa autorização para os Estados”, isso porque, pelas regras atuais, o Estado retira do cálculo com pessoal parte dos gastos com a Previdência e o pagamento do Imposto de Renda.

Com essa regra, o gasto com pessoal está abaixo do teto e, portanto, não poderá haver redução de jornada e salários. O governo precisa definir o que quer: vai mudar a regra de cálculo da folha para cortar salários ou não?.

O balanço dos primeiros 30 dias de mandato confirmou que a gestão está perdida, sem foco e sem visão de futuro.

Mauro Mendes começou repetindo o mantra de terra arrasada da campanha eleitoral. 

Está faltando visão estratégica ao governo. Se Mauro Mendes quiser apresentar uma boa avaliação de seus 100 dias de governo, provavelmente seu próprio balanço, mais do que tocar a máquina administrativa ele vai ter que sentar internamente com seus auxiliares e pensar no que vai fazer.

A impressão que se tem é a de que o governo Mauro Mendes gastou seus primeiros 30 dias tentando entender como funciona a máquina pública e perdendo tempo com coisas como a decretação do Regime de Calamidade Pública, que não deu certo.

 Caldeirão Politico\Cicero Henrique

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!