data
-- Hora Certa:
Grávida de gêmeos encontrada carbonizada é identificada e Criminoso que fugiu de hospital é preso após buscar atendimento no PSMC
27/04/2018 15:43 em Polícia

O corpo encontrado em chamas, na manhã do dia 21 de abril, em uma área usada como descarte de lixo, em Tangará da Serra (a 240 quilômetros de Cuiabá), foi identificado pela Perícia Técnica (Politec). Trata-se de Franciele dos Santos Pereira de Brito, 27 anos, que estava grávida de gêmeos e foi identificada pelas digitais. 

De acordo com a Polícia Judiciaria Civil, a vítima estava nas primeiras semanas de gestação, grávida de gêmeos. A princípio, foi verificado que a mulher morreu asfixiada e depois teve seu corpo carbonizado. Nenhum boletim de ocorrências sobre o desaparecimento da mulher havia sido registrado.
 
Segundo informações da Polícia Militar, um catador que estaria fazendo a coleta pela manhã viu um corpo ainda em chamas e acionou a PM. Uma equipe se deslocou até o local e encontrou a mulher por volta das 6h30.

A vítima estava sem documentos pessoais. Não foi verificada nenhuma perfuração por faca ou arma de fogo. Até o momento ninguém foi preso. As investigações são conduzidas pelo delegado delegado Nelder Martins. 

 

Criminoso que fugiu de hospital é preso após buscar atendimento no PSMC

 

Uma ação conjunta da Delegacia da Polícia Civil de Lucas do Rio Verde e a Gerência Estadual de Polinter prendeu Moises Luan dos Santos Almeida, 21 anos, um dos criminosos que participou de assalto em uma lanchonete na cidade de Lucas do Rio Verde. O criminoso foi baleado com dois tiros no abdômen e mesmo ferido fugiu do hospital da cidade. Segundo a assessoria, a  prisão foi efetuada, em Cuiabá,  após descoberta que o suspeito buscou atendimento no Pronto Socorro Municipal de Cuiabá.

Moises Luan e o comparsa, Douglas Hanchuk, 24 anos ( morto no local),  invadiram uma lachonete, rendendo o casal de proprietário. Um dos criminosos estava armado e apontava a arma para a cabeça da mulher, exigindo que fosse mostrado o cofre. A vítima informou que não havia cofre e podiam pegar o dinheiro do caixa. No entanto, os criminosos não acataram o pedido e levaram a  mulher para outro quarto. Em determinado momento, houve descuido do criminoso que apontava arma para o comerciante, oportunizado que ele entrasse em luta corporal com o bandido.

A vítima conseguiu tirar a arma e efetuou dois disparos em um dos bandidos. O segundo, ao ouvir, foi em direção ao dono, atirou, mas arma falhou. A vítima então efetuou disparo contra o criminoso, Douglas Hanchuk, que morreu. O comparsa, Moises Luan, baleado com dois disparos no abdômen, foi levado ao hospital, e antes de ser decretada a prisão preventiva, fugiu, mesmo estando muito mal.

No local, foram apreendidos um simulacro de pistola, um revólver 38 e um revólver 22. Os envolvidos foram encontrados por policiais militares que faziam rondas, a aproximadamente duas quadras do local e ouviram disparos de arma de fogo. Os assaltantes foram encontrados alvejados por disparos de arma de fogo, nos fundos do estabelecimento. 

O mandado de prisão foi decretado no final da tarde de quarta-feira (17), quando os policiais, que já estavam em buscas ao foragido, descobriram que ele tinha escapado da cidade. Segundo os investigadores, o criminoso tentou chegar a Cuiabá de carro, mas não conseguiu arcar com as despesas de combustível, e acabou vindo de ônibus.

Com auxílio da Diretoria de Inteligência de Cuiabá, os policiais descobriram que Moisés Luan estava internado no Pronto Socorro de Cuiabá e solicitaram apoio da Polinter para prisão dele.

Olhar Direto

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!