data
-- Hora Certa:
Integrantes de facção planejavam matar agente penitenciário
14/06/2018 10:13 em Polícia

O grupo foi preso em Arenápolis, Nortelândia e Nova Mutum pela Polícia Civil, durante a deflagração da Operação Areia Escarlate.

 

Sete mandados judiciais contra integrantes de uma facção criminosa foram cumpridos, nesta quarta-feira (13), durante a Operação Areia Escarlate, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil de Arenápolis (258 km ao Médio-Norte), com objetivo de combater crimes de tráfico de drogas e homicídios no município e região.

De acordo com o delegado José Ricardo Garcia Bruno, além do envolvimento com o comércio de entorpecentes, há fundadas suspeitas da participação dos acusados em homicídios de membros de facções rivais. “Foi descoberto que eles ainda planejavam diversos outros homicídios, entre eles, a morte de um agente penitenciário”, disse o delegado.

As ordens judiciais, sendo três mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão, foram decretadas com base em investigações da Delegacia de Arenápolis sobre o comércio de entorpecentes. Os mandados foram cumpridos no município e nas cidades de Nortelândia e Nova Mutum ( 253 e 264 km a Médio-Norte) .

A ação resultou na prisão preventiva de Gerson Alves Faria de Lima (preso em Nova Mutum), Weverson Souza de Arruda (preso em Nortelândia) e Willian Ricardo dos Santos (preso em Arenápolis), acusados dos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e posse ilegal de arma de fogo.

 

Reporter MT

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!