data
-- Hora Certa:
Professor faz sexo virtual e ‘amante’ ameaça divulgar vídeo em Cuiabá
01/02/2019 13:41 em Tecnologia

No boletim de ocorrência, a vítima explicou que, após os momentos de intimidades na webcam, a acusada disse que enviaria o vídeo para esposa e amigos dele.

 

O professor de Educação Física, identificado pelas iniciais W.C., de 42 anos, denunciou à Polícia Civil que tem sofrido ameaças de uma mulher com qual manteve “sexo virtual” por meio do aplicativo Mensseger, do Facebook.

Sem dar detalhes, W.C. revelou aos investigadores que estava em sua casa no condomínio Rio Cachoerinha, no Bairro Jardim Imperial, quando iniciou o bate-papo. Após minutos de conversa, ele ligou a webcam em que aparece em situação comprometedora, resumido pelo professor como “viu o que tinha que ver”.

Depois do ato virtual, a vítima afirmou que a mulher – identificada por ele como sendo G.S. – disse que gravou as imagens e ameaçou entregar o conteúdo a sua esposa, amigos e familiares.

Com a denúncia, a Polícia abriu um inquérito para investigar a tentativa de extorsão.

Outro caso

Em novembro do ano passado, um homem de 47 anos, identificado pelas iniciais A.O.S., procurou a Polícia Civil após ser vítima de extorsão no município de Tangará da Serra (239 km a Médio Norte de Cuiabá). 

De acordo com a denúncia, o homem estava sendo chantageado por uma mulher com quem mantinha um relacionamento amoroso e trocava ‘nudes’ no aplicativo WhatsApp (veja aqui).

ReporterMT

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!