data
-- Hora Certa:
Procurador Mauro é confirmado como candidato ao Senado pelo PSOL;
13/03/2020 07:59 em Politíca

O PSOL confirmou, nesta quinta-feira (12), que Procurador Mauro será, mais uma vez, o escolhido para representar a sigla, desta vez, na eleição suplementar para o Senado, em disputa para preencher a vaga da cassada Selma Arruda (Pode). Os suplentes serão Gonça de Melo e Vanderley da Guia. .

O nome do procurador foi confirmado na noite desta quinta-feira, durante convenção do partido. Mauro já disputou sete eleições em Mato Grosso, na maioria delas buscando cargos no Executivo e sempre pelo PSOL. 

Em entrevista antes da convenção, o procurador disse que, apesar de ter afirmado que não iria disputar eleições em 2020, ele acredita que esta suplementar é uma continuação de 2018.

"A partir do momento em que houve este fato novo, que é uma continuação na qual eu fui candidato, decidi disputar. Conseguimos uma votação expressiva com pouco tempo de televisão. É um cenário político com muitos candidatos, temos uma conjuntura que nos favorece", disse o procurador.

O procurador ainda pontuou que "os votos estarão divididos, isso torna a eleição bastante indefinida. Nos votos da esquerda, tivemos votação superior. Vamos trabalhar contra a polarização que existe atualmente na política, tentaremos fugir dela. Nossa candidatura é para defender os interesses do povo. O que vemos por aí são pessoas querendo defender o agronegócio".

Nacionalmente, o Psol tem se tornado uma alternativa da esquerda ao PT e ganhado força, conseguindo eleger a cada pleito uma quantidade maior de candidatos.

Em Mato Grosso, no entanto, o partido que sempre optou por não realizar coligações, não elege ninguém desde as eleições municipais de 2008, ocasião em que conseguiu fazer três vereadores nas Câmaras de Mirassol D’Oeste e Porto Esperidião.

Na disputa para o Senado em 2018, o procurador da Fazenda conseguiu 226 mil votos em todo o Estado, sendo que 101,8 mil deles vieram de Cuiabá. Com esta grande votação, o eterno candidato poderia conseguir ir para o segundo turno na disputa pela Prefeitura da Capital em 2020, levando em consideração que em 2016, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) venceu o primeiro turno com 98 mil votos.

Olhar Direto

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!